PROCLAMAÇÃO AO POVO BRASILEIRO

A CONFEDERAÇÃO DA MAÇONARIA SIMBÓLICA DO BRASIL - C.M.S.B, constituída das 27 Grandes Lojas Maçônicas do Brasil, que congregam 2.557 Lojas Maçônicas situadas por todos os rincões do País e mais de 100 mil Maçons, reunida em sua XXXVII Assembleia Geral, em Salvador - Bahia:

  1. torna público seu incondicional apoio ao movimento moralizador desencadeado pela Justiça Eleitoral, no sentido de impedir a participação, a partir desta eleição, de candidatos processados por macular princípios éticos que devem nortear aqueles que aspiram ao exercício da função pública, convocando todos os Maçons e a sociedade a fazer cruzada, não votando naqueles que, nessa condição, obtenham seus registros, via artifício jurídico, como forma de bani-los, vez por todas, do cenário político e fazendo, desse ato, marco fundamental de moralização para a vida pública nacional;
  2. exorta a Maçonaria Brasileira e as demais Instituições comprometidas com a cidadania e com os superiores interesses da Pátria, para que pressionem os senhores membros do Congresso Nacional a não homologarem a Declaração dos Direitos dos Povos Indígenas, aprovada pela ONU em 13 de setembro de 2007, por violar princípio constitucional e constituir-se em real ameaça à integridade territorial do País, atingindo, frontalmente, a Soberania Nacional;
  3. confia que o Supremo Tribunal Federal, na questão relativa a área indígena \"Raposa Serra do Sol\", no Estado de Roraima, decidir pela preservação do princípio da defesa da Soberania Brasileira sobre aquela imensa e riquíssima Unidade Federada evitando assim, a demarcação de território contínuo e fronteiriço, que somente atender a entidades descompromissadas com o interesse nacional;
  4. manifesta preocupação quanto ao gradativo e incentivado despovoamento das nossas fronteiras amazônicas, a pretexto da criação de unidades de conservação ambiental e/ou indígena, restringindo o ingresso de brasileiros, e com a ausência do poder público, exceto a do Exército Brasileiro, mesmo desprovido dos meios necessários para o exercício de suas mais elementares funções constitucionais.

Salvador, 15 de julho de 2008.

ITAMAR ASSIS SANTOS
Sereníssimo Grão-Mestre da M:. R:.
Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia e 
Presidente da XXXVII Assembleia Geral Ordinária da C.M.S.B.

NATHANIEL CARNEIRO NETO
Secretário Geral

  • Luiz Saraiva Correia
    Acre

  • Ivanildo Marinho Guedes
    Alagoas

  • Bernardino Senna Ferreira Filho
    Amapá

  • Renê Levy Aguiar
    Amazonas

  • Itamar Assis Santos
    Bahia

  • Edelcides Lino de Melo
    Distrito Federal

  • Etevaldo Barcelos Fontenele
    Ceará

  • Sérgio Muniz Gianordoli
    Espírito Santo

  • Ruy Rocha de Macedo
    Goiás

  • Raimundo N. S. Pereira
    Maranhão

  • José Carlos de Almeida
    Mato Grosso

  • Juarez Vasconcelos
    Mato Grosso do Sul

  • Antônio José dos Santos
    Minas Gerais

  • Victor S. R. Alves
    Pará

  • Marcos Antônio de Araújo Leite
    Paraíba

  • João Carlos Silveira
    Paraná

  • Milton Gouveia da Silva Filho
    Pernambuco

  • Reginaldo Rufino Leal
    Piauí

  • Waldemar Zveiter
    Rio de Janeiro

  • Luiz Carlos R. da Silva
    Rio Grande do Norte

  • Rui Silvio Stragliotto
    Rio Grande do Sul

  • Juscelino M. do Amaral
    Rondônia

  • Lindberg Melo da Silva
    Roraima

  • José Domingos Rodrigues
    Santa Catarina

  • Francisco Gomes da Silva
    São Paulo

  • José Valter R. dos Santos
    Sergipe

  • Jair de Alcântara Paniago
    Tocantins

  •  

     

Voltar